Postagens Recentes

9 de novembro de 2015

Resenha | Caçadores de Sereias - Ana Laura Montenegro




Título: Caçadores de Sereias
Autor: Ana Laura Montenegro
Editora: Chiado
Páginas: 270
*Livro cedido em parceria com a editora

Sinopse: O exótico mundo da Amazônia e sua mitologia invadem o confortável mundo da londrina Ayla, filha de um estudioso de línguas indígenas que é sequestrado junto com seu tio e a sua mãe, que até então ela pensava estar morta. Com ajuda do lendário Curupira e do interessante Erik ela irá lutar contra os perigos mais selvagens que a floresta irá lhe apresentar para salvar a sua família.


Caçadores de Sereias começa nos contando a história de Iara, uma bela índia que acaba de atingir a maioridade. Como em muitas tribos indígenas, a índia precisa passar por um ritual para poder ser considerada mulher pela tribo. Passados três meses depois do ritual, Iara mostrasse muito habilidosa na caça e na luta, o que faz com que seu pai, o Cacique Diaurum, lhe dê o direito de escolher seu próprio homem e liderar as próximas caçadas. Este último acaba despertando a raiva dos homens da tribo Jaciara, principalmente dos irmãos dela, Ibiri e o mais velho Guaçu - este mais ainda por perder a liderança para uma mulher.

Depois do fim de uma festa que acontecia na tribo, os irmãos de Iara resolvem por fim na vida da índia. Já preparada para o ataque, ela luta com os dois. Já muito cansada, foge em direção à floresta. Na noite seguinte, acaba sendo encontrada pelos irmãos e por mais vinte e cinco homens da tribo. Estes acabam batendo e abusando de Iara. Em seguida, jogam seu corpo no rio para virar comida de peixe. Jaci, a Deusa Lua, havia visto tudo e comovida, junto com os peixes, resolve lhe conceder a vida. Como muitos seres aquáticos ofereceram suas vidas para que ela pudesse viver, Jaci a transforma em sereia, com isso ela deveria matar todos os homens que ouvissem seu canto, além de absorver sua força e guardar os rios. Em um mês, a sereia tinha matado uma tribo inteira: com sua beleza, seduzia os homens, os levava para água, os afogava e comia seus corpos sem vida, deixando só os ossos.

No outro continente, em Londres, somos apresentados a John Smith, um professor de história e arqueólogo, que acaba de passar em uma prova para ser intérprete de uma empresa de gás em Manaus, uma vez que ele era estudioso da Língua Tupi e a empresa seria construída em terras indígenas. Logo, a empresa precisaria de alguém que negociasse com os índios. Ao desembarcar na cidade, junto com sua assistente Kate House, John faz um tour e conhece vários pontos turísticos de Manaus. Na manhã seguinte, John, Kate e Fred, o guia responsável por eles na cidade, acabam entrando em um conflito com os índios, que resulta no sequestro do historiador e da sua assistente, e na morte do guia. Um ano depois, John tem uma filha junto com Iara, e Kate um filho com Boto (sim, o boto-cor-de-rosa que vão estão imaginando). Como o nascimento da filha da sereia e do professor, surge um novo problema: a Deusa Lua não permite o relacionamento de Iara com John e sua filha. A índia, por sua vez, manda o marido fugir com a criança antes do anoitecer, pois Jaci iria aparecer no céu e matar os dois. Dessa forma, os dois passaram noites dentro de uma oca, sem poder sair durante a noite. Inconformados com esta situação, Iara pede ao marido que leve a filha para Londres, para que esta tenha uma vida normal.

Como "filho de peixe, peixinho é" Ayla Smith, filha do professor com a mulher peixe, torna-se uma exímia nadadora, além disso herda os poderes de sua mãe, transformando-se em um ser escamoso de olhos, garras e dentes assustadores. Depois de ter seu pai e seu tio sequestrados por piratas zumbis - que caçam sereias para o Mercado Morto -, ela parte com alguns amigos para Manaus, com a ajuda do Curupira, o guardião da floresta Amazônica e amigo fiel de Iara. Daí em diante, fica fácil deduzir o que vai acontecer: a garota vai para a floresta, conhece Erik, filho do Boto e Kate, se envolve com ele, e parte em busca do Mercado Morto, uma espécie de feira onde alguns seres sobrenaturais são comercializados, a fim de salvar sua família. Aquele velho clichê de sempre.

O livro, até o quinto capítulo, é narrado em terceiro pessoa. A partir do sexto, vai sendo contado por Ayla até o final. A leitura é bem rápida, pois a linguagem é bem simples, a fonte tem um tamanho legal, embora tenha alguns capítulos grandes. Apesar disso, o livro possui alguns problemas de revisão que me incomodaram durante a leitura: uso da vírgula de forma errada, que comprometeu o entendimento em alguns parágrafos, erros de digitação, pois várias palavras estavam com letras duplicadas ou faltando.

O final da história não foi muito surpreendente, exceto por um fato que acontece no Mercado Morto. A personagem principal não me cativou tanto, pois alguns diálogos dela e do Erik eram um pouco infantis para dois jovens de 19 anos. E como ela recebeu treinamentos para um confronto final, eu esperava que ela assumisse uma postura de heroína, como Percy e outros personagens desse tipo de história, mas isso não aconteceu. Além disso, as transformações que as sereias sofriam me lembrou muito a da "Jennifer Check", vivida por Megan Fox, do filme "Garota Infernal". Contudo, eu acredito que escrita do livro dê uma certa aproximação com o leitor, pois são diálogos típicos do nosso cotidiano. O enredo do livro foi o que mais gostei, motivo pelo qual solicitei este livro. A autora fez várias referências à Mitologia da Amazônia, com várias lendas que são conhecidas em todo o Brasil. Além disso, vários curiosidades a respeito de Manaus foram ditas no livro, coisas que eu desconhecia e que gostei demais de saber, como a importância do ciclo da borracha e como esse ciclo ajudou no desenvolvimento da cidade. Pela forma como a história se encerrou, acredito que terá um segundo livro. Espero que este corrija as falhas que o primeiro possui.

Até o próximo post, combinado?! ;)

49 comentários:

  1. Oi,
    Achei a capa do livro linda! Curti mt a premissa da livro, mas fiquei com o pé atrás com as falhas que vc citou.
    Bjs!
    Fadas Literárias

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Iris.
      Apesar de algumas falhas, o livro é bom. O enredo é bem interessante.
      Abraço!

      Excluir
  2. Olá Sávio
    Tudo bem?
    Caramba, eu não conhecia o livro, mas sua resenha me prendeu
    pela capa, pensei ser uma historia simples, mas quando terminei de ler sua resenha
    fiquei impressionada! faz parece que leitor estar lendo 3 historias HAHAHAHAHA
    Isso e novo pra mim, fico feliz que você tenha apreciado a leitura mesmo com
    os pontos negativos em relação a infantilidade da personagem, isso realmente incomoda o leitor
    aja paciência HAHAHHA enfim estou na duvida ser leria ou não! Ainda não sei..
    mas parabéns pela resenha.
    Beijos
    http://resenhaatual.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Obrigado!
      O enredo foi o que mais gostei do livro, ele é bem diferente de tudo que já li antes. Apesar dos pesares, o livro é bom.
      Beijos!

      Excluir
  3. Oieee
    muito obrigada pela sua visita!!!
    Adorei!
    Realmente Cabo Frio é lindo, meu pai mora lá...também morei lá...agora moro bem longe....hehe
    você mora em qual cidade????

    postei mais fotos,...
    Amei seu blog...esse post me encantou...adoro tudo que é exótico....sereias então..amooooo
    Seguindo seu blog...se puder segue o meu :D
    bjs

    http://diariodalulu.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oi Sávio, eu também adoro 'Literatura Fantástica'. É uma pena quando os livros vem com falha de digitação.

    Adorei sua resenha.

    Beijos.
    Blog Não Vivo Sem Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado! Fantasia é um dos melhores gêneros que conheço.
      Abraço!

      Excluir
  5. Só o titulo já me chamou atenção!! eu amei esse livro necessito dele pra ontem!

    seteprimavera.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que você gostou, Gabs.
      Depois que você ler, conte-me o que achou da obra.
      Abraço!

      Excluir
  6. Oi Sávio!
    Não conhecia o livro, mas achei a premissa muito interessante. Ainda não li nada que conte a mitologia da Amazônia. Fiquei bem curiosa!

    Beijos,
    Epílogos e Finais

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Bianca.
      Eu também nunca tinha lido nada do tipo. Acredito que este seja o diferencial do livro.
      Beijos!

      Excluir
  7. Você é um leitor bem observador para perceber todas essas falhas.
    Acho que se visse esse tanto de erros no livro, parava de lê-lo na hora.

    http://jj-jovemjornalista.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá.
      Nem sou rsrsrs. Percebi porque os erros estavam muito recorrentes, aí ficou difícil não reparar.
      Abraço!

      Excluir
  8. Oie,
    não conhecia o livro, achei bem bacana! Não leria agora, mas gostei!

    bjos
    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Vanessa, que bom que você gostou.
      Assim que você puder, leia este livro.
      Beijos!

      Excluir
  9. Oi, Sávio!
    Achei a premissa da história bem interessante.
    Essa história da índia ser salva por uma deusa me lembra uma lenda brasileira que agora eu não lembro o nome.
    John Smith só me lembra Pocahontas <3
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Luiza.
      A premissa deixa a gente bem curioso mesmo.
      Pocahontas <3
      Beijos!

      Excluir
  10. Oii Sáulo, Tudo bem?
    Não conhecia esse livro mas depois de ler sua resenha me interessei bastante! Mais um para a lista de desejados rsrsrs
    Adorei seu blog, já estou seguindo!
    Beijos,
    Isa – Night Phoenix Books

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, Isa.
      Que bom que minha resenha fez você se interessar pelo livro. Fico muito feliz :)
      Assim que você ler, conte-me achou.
      Beijos!

      Excluir
  11. Ola,
    Assim como voce adoro a literatura fantastica.
    A historia é bem interessante e achei super lega ela abordar a mitologia folclorica brasileira.Mas acho que no momento nao leria o livro, nao me cativou tanto.
    É pena ter alguns erros na gramatica, espero que a editora realmente arrume.
    Bjs
    http://diarioelivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Jéssica.
      É uma pena que a obra não lhe cativou. Devo concordar com você que a história é bem interessante. Caso mude de ideia, dê uma chance para ele ;)
      Abraço!

      Excluir
  12. Olá,
    Adorei a capa e pela sua resenha a história me pareceu bem interessante ♥
    Beijitos,
    Borboletas de papel

    ResponderExcluir
  13. Oi, Sávio!
    Ainda não conhecia o livro. Gostei da ideia do livro, mas não me empolgou tanto para ser um leitura pra já. rs
    Beijo

    http://canastraliteraria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Assim que puder, leia Daniella. você vai gostar do enredo ;)
      Abraço!

      Excluir
  14. Olha não é meu estilooooo de leitura, mas até que eu gostei. Só pelo nome já da vontade de ler né rsrss

    BJuuuuuuu
    www.blogjumedeiros.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Juliana.
      A capa, o título e o enredo dão uma curiosidade de ler o livro.
      Abraço!

      Excluir
  15. Oi Sávio!
    Não conhecia esse livro, mas adorei a ideia dele falar sobre o nosso folclore brasileiro.
    Pena que tem tantos erros de digitação, isso atrapalha bastante. Eu deixaria de ler por causa disso :(

    Beijos,
    Sora - Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Sora.
      Ainda com os erros que mencionei, o livro é bom. Acredito que essas falhas não interferem,totalmente, na análise da obra.
      Beijos!

      Excluir
  16. Olá Sávio;

    Em primeiro lugar parabéns pelo blog, é uma graça.
    Adorei a resenha e não conhecia o livro até então.
    É a primeira vez que vejo um livro nacional com tanta mistura, fiquei até confusa, mas com certeza iria ler só pra matar a curiosidade.
    Sabe que sempre que leio os livros da editora encontro os mesmos erros mencionados por você, acho que eles precisão rever estas revisões rsrs.

    Seguindo aqui, beijos da Camila.
    http://cabinedeleitura1.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Camila.
      Obrigado pelos elogios =D
      Abordar a mitologia da Amazônia foi uma ideia ótima da autora. Gostei demais.
      Não sabia que esses erros eram frequentes em outros livros da editora. É uma pena.

      Abraço!

      Excluir
  17. Que lindo!!!!
    Lindo tb é seu blog hehehehe
    Adorei esse livro. Achei bem interessante. Essa coisa de sereias me atriz viu. Boa dica.

    >> Vida Complicada <<

    ResponderExcluir
  18. Olá Sávio, tudo bem contigo ???
    Preciso confessar que não conhecia esse livro, acredito que nunca vi ele por ai, mesmo tendo sido lançado em Maio.
    Após ler sua resenha, e ter visto a nota que deu para a história, eu preciso dizer que não sei se leria o livro. Fiquei bem dividida com relação a ele, alguns aspectos me animaram, como o fato de o livro abordar uma parte da história indígena, e inclusive trazer John Smith (lembrei de Pocahontas nessa hora) para a história. Mas no geral, a história não conseguiu me encantar.
    Se tiver a oportunidade de ler, tentarei dar uma chance ao livro, porém, não é algo que eu busque para ler ...

    Beijinhos
    Hear the Bells

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!
      O livro não é tão conhecido, Ryoko. Assim que puder leia, você vai se surpreender ;)
      Beijos!

      Excluir
  19. Olá Sávio!
    Gostei de resenha, principalmente do seu comentário sobre as referencias à mitologia nacional. Vemos tantos livros com mitologia estrangeira e esquecemos da nossa :(
    Bjs

    EntreLinhas Fantásticas

    ResponderExcluir
  20. Oie Sávio, tudo bem? Não tenho muito contato com o gênero literatura fantástica, mas como tem várias referências à Mitologia da Amazônia, acho que me interessaria pelo livro. Gostei bastante de sua resenha, abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, Débora.
      Mitologia da Amazônia <3
      Abraço!

      Excluir
  21. Olá, Sávio.
    A história me pareceu legal, apesar de não me deixar extremamente curiosa. E esses errinhos sempre são chatinhos, né?

    Blog Entretanto

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Jul.
      Esses erros são chatinhos mesmo, mas eles não interferiram completamente na minha avaliação sobre o livro.
      Beijos.

      Excluir
  22. Nossa que legal, adorei o começo da história, bem diferente. Pena que decorrer tenha algumas falhas, mas se de fato tiver uma continuação é uma ótima chance pra isso ser trabalhado :D

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br/
    Tem resenha nova no blog de "A Espada do Verão", vem conferir!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Carol.
      O começo é umas das melhores partes do livro.
      Vamos aguardar uma continuação, o livro deixou muitos pontos soltos que precisam ser amarrados.
      Abraço!

      Excluir
  23. Olá Sávio
    A premissa do livro parece ótima.
    Seguindo o seu blog!

    http://livrosentretenimento.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  24. Tu escreve hipermegabem! ❤️ Não conhecia esse livro, até tinha visto a capa em algum lugar mas me interessar mesmo, NUNCA! Sou apaixonada por esse gênero e não sabia que elefalava disso. Fiquei super doida pra ler agora, pena que tenho uma fila giganteeeeee... Af Kkk Mas amei a resenha mesmo assim!

    Visita lá! Se seguir deixa um comentário c o link do seu p eu rtb -> http://meninadalivraria.blogspot.com.br/?m=1

    ResponderExcluir
  25. Esses livros com erros de digitação e ortografia me tiram do sério. Infelizmente.

    http://jj-jovemjornalista.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  26. Como é difícil encontrar um livro bom nesse tema não? Livros mal revisados, com erros de português me incomodam demais, eu teria abandonado. Quando às palavras em português de Portugual, se eu não me engano a Chiado é uma editora portuguesa, não justifica o trabalho mal feito, mas talvez seja por isso.

    www.chatadoslivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  27. Gostei muito da resenha, talvez curta o livro pois gostei bastante de Garota Infernal.
    Visite meu blog, faço resenhas, criticas e muito mais do mundo literário!
    http://viciodelerlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir