Postagens Recentes

16 de abril de 2016

Resenha | A Profecia de Samsara - Leticia Vilela

Título: A Profecia de Samsara
Autora: Leticia Vilela
Editora: Gutenberg
Páginas: 256
Ano: 2014
*Livro cedido em parceria com a autora
Sinopse: Quando um dos príncipes do Clã mágico dos Devas é assassinado, as suspeitas recaem sobre sua própria mestra, Draupadi. O irmão do príncipe, o jovem Arjuna, jura vingar sua morte e persegue a criminosa pelos reinos mágicos da antiga Índia.
Draupadi inicia sua fuga ao lado de Asti, uma humana a quem chama de filha, que guarda um segredo em seu corpo desde que nasceu: uma maldição ancestral em forma de tatuagem, da qual procura desesperadamente se libertar. Todos os fatos fazem os destinos de Arjuna e Asti convergirem definitivamente, o que torna inevitável a concretização da temível Profecia de Samsara.                                                      

Arjuna Pandava era um pequeno alaya - como os humanos eram chamados na Era da Magia - que acabara de se tornar príncipe do Clã mágico dos Devas. Formado pelo soberano Hollow Deva, esse clã se mantém vivo a partir da energia mágica emanada pelos alayas (humanos). Além disso, dentro desse clã, existem três tipos de deuses: Gaias, Animatas e Ignis. Cada um deles possui três tipos de guildas, que são grupos responsáveis por criar e aperfeiçoar encantos.

Certa noite, Arjuna, que estava dormindo em seu quarto, ouve um estrondo vindo da varanda e, ao ver o que estava acontecendo, avista uma mulher adentrando o quarto de seu irmão Bhima. Ao observar os passos da mulher, que também era uma Deva, ele percebe que ela carrega uma estátua humana feita de vidro negro - forma que os Devas assumem quando estão mortos. Para seu espanto, o jovem percebe que se trata de seu irmão sendo carregado pela sua própria mestra, Draupadi. Vista por Yudistira, o líder da família Pandava, a Deva foge com uma criança chamada Asti, uma humana que ela chama de filha. 

Já crescido, Arjuna, desejando vigar a morte de seu irmão, persegue Draupadi pelos reinos mágicos da Índia antiga. Ela, por sua vez, guarda um segredo que ela compartilha apenas com Asti: uma maldição ancestral em forma de tatuagem que a menina possui. Ao longo da narrativa, os fatos vão fazer com que os destinos de Arjuna e Asti se cruzem, fazendo com que a temida Profecia de Samsara se concretize.


A Profecia de Samsara, que faz parte do Universo Red Luna, é uma estória repleta de mistério, magia e ação. Apesar da minha demora para entrar nesse universo, é impossível não afirmar que a autora criou uma narrativa bem rica e construída, pois a mistura de aspectos da cultura indiana junto com elementos fantásticos deu super certo.

Para compor os cenários do livro, a autora utilizou locais que existem de verdade na Índia. Achei isso muito positivo, pois realidade e ficção se misturam deixando a narrativa mais emocionante. Outro ponto bem legal, e que gosto muito quando os livros trazem essa característica, é a narração alternada. No livro, os capítulos são narrados ora por Arjuna, ora por Asti, e algumas vezes por Naguendra - mago Gaia pertencente à tribo dos Nagas (metade humano, metade cobra). 

Com uma leitura bem rápida e dinâmica, a cada capítulo vamos observando o crescimento dos protagonistas. No começo, não fiquei tão preso, tão cativado pelo livro, mas ,aos poucos, a estória foi ganhando ritmo, com cenas de ação, e daí por diante não consegui parar de ler.


O acabamento do livro é impecável: mapas, linha do tempo com os eventos que ocorreram na Era da Magia e glossário são alguns dos elementos que deixaram a edição bem caprichada. Além disso, cada começo de capítulo possui uma ilustração feita pela própria Letícia e pelo Marcos Massao.

Pra quem gosta de estórias com muita magia, profecias, clãs e afins, atrelados a uma outra cultura, vai gostar muito de ler "A Profecia de Samsara". O livro é muito bem construído, com personagens bem descritos e cativantes, e o melhor de tudo: é um livro nacional. No final da narrativa, a autora deixou um gancho para um próximo volume. Estou bem ansioso para essa sequência.

Até o próximo post, combinado?! :)

18 comentários:

  1. Olá!
    Eu ando com uma preguiça para esse gênero de leitura, não sei o porquê. Acho que li muitas histórias de fantasias e aventuras. Estou dando um tempo nelas, mas essa me parece ser bem legal. Quando eu voltar ao normal com relação a esse tipo de livro, vou colocá-lo na minha lista!

    Beijos
    http://aquelaborralheira.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi!
    Muito inusitado o local do enredo... acho que nunca li nenhum livro que se passou na Índia, mas deve ser bem interessante pois a cultura deles é bem diferente e única.
    Te indiquei em uma tag, espero que goste: http://gatitaecia.blogspot.com.br/2016/04/tag-liebster-award.html#comment-form

    Beijos!
    Gatita&Cia.

    ResponderExcluir
  3. Oi, oi Sávio!
    Nunca li nada relacionado a cultura indiana, mas essa parece ser uma ótima indicação. Vou anotar aqui para não perder, parece bem interessante e eu quero muito ler!
    Te indiquei no prêmio dardos, dá uma olhada lá :D
    Beijos!
    Borboletas de Papel | Fanpage

    ResponderExcluir
  4. Oi, Sávio! Tudo bem? Ainda não conhecia o livro, mas adorei conhecê-lo. Essa capa é linda, a edição do livro parece está impecável e eu também curti a premissa da obra. Espero poder ler o livro em breve! :)

    Abraço

    http://tonylucasblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi Sávio!
    A sinopse até me deixa interessada, não conhecia o livro, nem o autor.
    Além da capa ser bonita. Vou colocar na lista.
    Beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oi, Sávio!
    Eu amei a capa desse livro. Amei mais ainda saber que a autora mistura fantasia com realidade.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  7. Eu adoro livros que abordam mitologia, até agora nunca li nada relacionado a mitologia Indiana, mas tenho muito interesse. Quando eu começar a ler algo do tipo, com toda a certeza, vou começar com este livro. No entanto, não estou na vibe desse tipo de leitura, apesar de ser um dos meus gêneros preferidos.

    Abraços,

    Blog Decidindo-se \o/

    ResponderExcluir
  8. Oi Sávio, tudo bem?

    não conheço o livro, mas parece ser muito bom, já que a autora sabe construir seus personagens, achei legal a parte dos cenários serem de verdade na India, acho que nos ajuda na hora de imaginar o mundo criado.

    Bjs, Michele

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  9. Amei a ressenha, mas nunca li muito esse estilo.
    http://blogmichaelvasconcelos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Que ótimo que a leitura é dinâmica, isso ajuda e facilita na narrativa.
    Que diagramação linda, adorei.
    http://revelandosentimentos.blogspot.com.br - Top Comentarista. 2 livros para o vencedor

    ResponderExcluir
  11. Oi Sávio!
    O que mais me atrairia nesse livro seria a cultura indiana, mas a mistura com a fantasia parece ter funcionado muito bem também. Tomara que a seqüência seja tão interessante quanto esse primeiro livro.
    Beijos,
    alemdacontracapa.blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. Sávio, meu amigo, que capa maravilhooooosa!
    Adorei!
    Eu não conhecia a estória e nem a autora, mas adorei.
    Acho que a cultura indiana tem muitos elementos propícios à fantasia, por isso ela casa tão bem com o gênero.

    Beijos!
    Fabi Carvalhais
    Pausa Para Pitacos | Participe do TOP COMENTARISTA | Promoção PQ SIM!

    ResponderExcluir
  13. Adorei a resenha. Não conhecia o livro ainda, mas parece demais.

    http://jj-jovemjornalista.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Adorei a capa, primeiramente. Admito que não me interesso por livros desse gênero, mas gostei da sua resenha e a sinopse me deixou instigada a saber mais. Ainda assim não sei se leria. Gostei da diagramação como você comentou!

    http://www.leitorasvorazes.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Amei a resenha! Nunca tinha ouvido falar do livro.
    http://blogmichaelvasconcelos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Olá!

    Sou apaixonada por fantasia! Louca, alucinada! E esse tipo de fantasia, que presenteia o leitor com cenários possíveis, me agrada ainda mais. Coloquei na minha lista de 'quero ler'.

    Bj

    ResponderExcluir
  17. Olá Sávio!!!
    Nossa o livro parece ser muito interessante e o enredo é incrível. Achei linda a capa e por saber que se passa em outra cultura na qual eu acho muito interessante.
    Misturar realidade e fantasia é sempre uma boa, pois imaginamos bem a história.
    Parabéns pela resenha e até uma próxima o/

    lereliterario.blogspot.com

    ResponderExcluir
  18. Olá Sávio, tudo bem contigo ???
    Comecei a ler sua resenha bem confusa, pois nunca tinha ouvido falar nesse livro, mas assim que descobri o essa história era repleta de cultura indiana, eu fui fisgada !!!
    Sempre senti uma certa curiosidade e certo fascínio pela cultura e tradição indiana, não conheço muito sobre ela, mas sempre que tenho acesso a algo novo lá estou eu lendo tudo o que posso para absorver mais e mais desse povo tão rico e maravilhoso.
    Gostei de saber que essa obra é nacional, e que a autora fez um ótimo trabalho com a narrativa e a pesquisa. Se tiver a oportunidade, com toda a certeza lerei o livro !!!

    Beijinhos
    Hear the Bells

    ResponderExcluir