Postagens Recentes

26 de outubro de 2016

Resenha | Mausoléu - Duda Falcão


Título: Mausoléu
Autor: Duda Falcão
Editora: Argonautas
Páginas: 336
Ano: 2013
*Livro cedido em parceria com o autor

Sinopse: O Anfitrião apresenta Mausoléu de Duda Falcão: “Seja bem-vindo, leitor incauto! Eu sou O Anfitrião! Fico muito contente que você tenha chegado até aqui para conhecer a arquitetura do my master! Nesta obra sepulcral sua ótica humana será ofuscada por visões grotescas. Folheie as próximas páginas... Abra a porta e entre na cripta dos insanos. Durma na pedra fria do Mausoléu e tenha pesadelos eternos, he, he, he, he”. 336 páginas de horror com bruxas, zumbis, lobisomens, vampiros, fantasmas, alienígenas e monstros bizarros!!! Prefácio de Cesar Silva. Histórias de horror e aventuras extraordinárias!

"Mausoléu" é uma coletânea e primeira publicação de contos solo do escritor gaúcho Duda Falcão. O livro conta com 36 contos: alguns inéditos, e outros publicados em antologias de outras editoras. Além de apresentar temáticas diversificadas, como bruxas, fantasmas, zumbis e outros seres bizarros, os contos passeiam por diferentes gêneros: da fantasia à ficção científica. Dessa forma, é bem notório observar a versatilidade de Duda ao escrever essas estórias, que nos causam pavor de diferentes formas. Como o livro apresenta muitos contos, irei discorrer sobre três que estão na lista dos que mais gostei.

No conto "A pena do corvo", vamos conhecer um escritor que acabara de comprar um artefato de um contrabandista: uma pena que o grande escritor Edgar Allan Poe utilizava para escrever seus escritos.  Ao sentar-se à mesa, o homem começa a escrever compulsivamente, sem parar, durante horas até chegar à exaustão.

Nessa estória, percebe-se que o autor não precisou recorrer a elementos assustadores para causar uma sensação desconfortável no leitor. Com um enredo simples, mas também criativo, Falcão conseguiu criar um conto bem construído e, apesar de curto, capaz de causar estranhas sensações em quem está lendo.


Em "Desfile", vamos acompanhar a chegada do Circo dos Horrores a uma pequena cidade do interior. O desfile, que passava pelas ruas da cidade, despertou a curiosidade de muitos espectadores, e a repulsa de outros. No dia do espetáculo, quase todos os moradores compareceram ao evento.O desfecho dessa estória é misteriosamente surpreendente.

Nesse conto, vemos outra característica bem interessante dos contos desta coletânea: a ótima descrição feita pelo autor. Duda descreve os acontecimentos e os detalhes na medida certa. Gostei tanto da descrição que me senti, em muitos contos, dentro das estórias além de conseguir visualizar com clareza tudo que acontecia nelas.

Foto: Duda Falcão

No conto "Mausoléu", um homem é mandado para Gramado para buscar uma mercadoria para seu chefe. No caminho, ele sente um cheiro intensamente desagradável, desce do carro e começar a andar pelo local para descobrir a origem desse odor. Após andar por um tempo, o rapaz se depara com os portões de um cemitério e avista um garoto entre os túmulos. Ao adentrar o cemitério e ficar de cara com o garoto, o rapaz começa a enxergar os acontecimentos que antecederam a morte do menino. Daí em diante, vamos acompanhar os esforços dos dois para libertar a alma de uma moça virgem, que paira sobre o lugar, que alimenta o cemitério com energia maligna.

Destaco, mais uma vez, a ótima descrição de Duda Falcão. "Mausoléu" é o primeiro conto do livro e já ficamos com a sensação de ter começado a leitura com o pé direito. Além disso, o fato do conto ser ambientado no Brasil  é um ponto bastante positivo.

De modo geral, as estórias apresentam um universo próprio, único. Com uma escrita de fácil compreensão, Duda consegue nos teletransportar para dentro dos contos, nos causando sensações quase que palpáveis. Além disso, o autor faz referências a grandes escritores como, por exemplo, Edgar Allan Poe e Mary Shelley.

Além de possuir uma escrita bastante envolvente, a edição do livro é bem caprichada. Logo no início, percebemos que a editora teve um cuidado na elaboração da obra que conta, também, como belas ilustrações feitas por Fred Macêdo. Outro ponto que achei bem bacana no livro foi a utilização de uma técnica de animação nas páginas: a lateral de cada uma possui um morcego que, se folhearmos o livro rapidamente, vai se movendo em direção a uma cruz. Achei bem criativo e condizente com a proposta do livro.


Em suma, "Mausoléu" é um livro completo para os amantes deste gênero. Além de nacional, o livro possui um conteúdo maravilhoso, e seu acabamento não fica atrás. Recomendo para os leitores que gostam de fantasia, ficção científica e coisas do tipo. O livro é um nacional de muita qualidade e não perde em nada para os livros famosos que seguem essa mesma linha.

Até o próximo post, combinado?

14 comentários:

  1. Oi, Sávio!
    Menino, que livro tudo de bom! Amei essa diagramação e os contos. Já quero!
    Beijos
    Balaio de Babados
    Participe do sorteio Halloween Literário

    ResponderExcluir
  2. Genteeee, me diz pq eu ainda nem tinha visto falar desse livro? Rsrs
    Amooo fantasia, ficão científica e todas as coisas desse tipo! Falou que tem bruxa, zumbi, lobisomen, vampiro, fantasma, alienígena e qualquer coisa assim!
    Adorei tua resenha!!

    Beijos!


    lendo1bomlivro.com.br
    Instagram :) @lendo1bomlivro

    ResponderExcluir
  3. Oi Sávio

    Embora eu não curta muito terror, adoro contos. Bom saber que a narrativa é envolvente. Adorei a dica!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  4. Olá Sávio, gosto de contos, porém não de terror, mas para quem gosta dá para ver que esse livro é demais. Adorei a resenha e esse slide, ficou 10, um abraço! Joyce.

    ResponderExcluir
  5. Gostei da resenha Sávio. Não conhecia o livro, mas já fiquei interessada por abordar um tema que eu curto bastante e por fazer referências a Edgar Allan Poe. Abraço!


    www.newsnessa.com

    ResponderExcluir
  6. Oi Sávio!
    Eu não sou muito desse tipo de terror, mas me interessei por "A Pena do Corvo". Gosto desse tipo de história que deixa o leitor desconfortável.
    Beijos
    alemdacontracapa.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Oii!Não gosto muito do tema, mas estou tentando ler haha vou colocar na lista, parece ser muito bom! Gostei da resenha ^-^
    JP

    ResponderExcluir
  8. Oi! Eu não leio muito livros do gênero mas eu simplesmente amei essa coletânea. É tão diferente da minha zona de conforto, criativo e ao mesmo tempo diversificado que deixa o leitor curioso sobre as outras histórias. Eu sei que amaria conhecer Desfile, até porque acho circos muito assustadores. A capa do livro também maravilhosa!
    Beijo, Leitora Encantada

    ResponderExcluir
  9. Oi Sávio!

    Que bonita ilustração, a capa tá incrível também. Gostei da indicação, ainda não conhecia a livro nem a autora (em que mundo esse ser humano aqui vive???) haha.

    Retribuindo a visita, adorei o blog e estou seguindo você! Beijão ^^

    www.generoproibido.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. Oi!!
    Não conhecia esse livro, mas adoro histórias de terror. Que legal esse detalhe do morcego, muito criativo!

    Beijos,
    Sora - Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
  11. Olá Sávio, tudo bem?
    Curti muito a sua resenha. O livro parece ser muito bom e ótima pedida para os leitores do gênero.
    Abraço e sucesso!
    Lia Christo
    www.docesletras.com.br

    ResponderExcluir
  12. Olá, Sávio.
    Tudo bem?

    Olha, quando comecei a ler a resenha e a sinopse fiquei um pouco com o pé atrás com esse livro, mas ao ler a resenha completa e seus comentários sobre os contos eu fiquei curioso. As ilustrações são muito bem feitas, viu. A edição e diagramação firam ótimas.

    Já quero ler.

    Um abraço.
    Diego França, Blog Vida & Letras
    www.blogvidaeletras.blogspot.com
    Instagram: @vidaeletras

    ResponderExcluir
  13. Adorei o post! :) Fiquei muito curiosa pra ler.

    Um beijão! <3
    Cami.

    www.delamila.com

    ResponderExcluir
  14. Oi, Sávio

    Já amei esses morcegos na borda das páginas, que sacada legal! E as ilustrações estão ótimas, de repente me lembrou o livro O Vilarejo, pelas ilustrações.
    O conto que mais mr chamou atenção foi Mausoléu, acho coisas que se passam rm cemitérios horripilantes! Hahaha
    Acho que eu gostaria de ler os contos, é um gênero que eu curto muito.


    Beijos
    - Tami
    http://www.meuepilogo.come

    ResponderExcluir