Postagens Recentes

29 de novembro de 2016

Resenha | Uma Longa Jornada - Nicholas Sparks



Título: Uma Longa Jornada
Autor: Nicholas Sparks
Editora: Arqueiro
Páginas: 368
Ano: 2013

Sinopse: Aos 91 anos, com problemas de saúde e sozinho no mundo, Ira Levinson sofre um terrível acidente de carro. Enquanto luta para se manter consciente, a imagem de Ruth, sua amada esposa que morreu há nove anos, surge diante dele.
Mesmo sabendo que é impossível que ela esteja ali, Ira se agarra a isso e relembra momentos de sua longa vida em comum: o dia em que se conheceram, o casamento, o amor dela pela arte, os dias sombrios da Segunda Guerra e seus efeitos sobre eles e suas famílias.
Perto dali, Sophia Danko, uma jovem estudante de história da arte, acompanha a melhor amiga até um rodeio. Lá é assediada pelo ex-namorado e acaba sendo salva por Luke Collins, o caubói que acabou de vencer a competição.
Ele e Sophia começam a conversar e logo percebem como é fácil estarem juntos. Luke é completamente diferente dos rapazes privilegiados da faculdade. Ele não mede esforços para ajudar a mãe e salvar a fazenda da família.
Aos poucos, Sophia começa a descobrir um novo mundo e percebe que Luke talvez tenha o poder de reescrever o futuro que ela havia planejado. Isso se o terrível segredo que ele guarda não puser tudo a perder.
Ira e Ruth. Luke e Sophia. Dois casais de gerações diferentes que o destino cuidará de unir, mostrando que, para além do desespero, da dificuldade e da morte, a força do amor sempre nos guia nesta longa jornada que é a vida.

Ira Levinson é um senhor de 91 anos que acabara de sofrer um acidente de carro durante uma nevasca. Preso nas ferragens, sem esperança de ser encontrado, Ira se vê diante da sua falecida esposa que morreu há nove anos. Mesmo desconfiado que a presença dela possa ser apenas um devaneio, Ira e Ruth relembram a longa jornada que viveram juntos: o primeiro encontro, o dia em que ele a pediu em casamento, a primeira noite de amor e as implicações que a Segunda Guerra lhes causou.

Sophia Danko é uma bela estudante de história da arte que acabou de terminar um relacionamento com Brian. A garota, desde o término, evita sair de casa porque ele a persegue aonde quer que ela vá. Após muita insistência de Marcia, sua melhor amiga da faculdade, ela acaba indo a um rodeio onde irá conhecer Luke Collins, o peão que acabara de vencer a competição. 

Luke é um caubói habilidoso que mora com sua mãe em uma fazenda. Os dois viviam uma vida pacata até que um grave acidente os deixou numa situação financeira complicada, levando-os a possibilidade de perder a propriedade. 

Sophia e Luke começam a se relacionar, apesar de ambos viverem em mundos completamente diferentes, e logo percebem que um não pode viver sem o outro. Contudo, o peão guarda um segredo que pode colocar esse amor à prova.


Esse foi meu primeiro contato com a escrita do autor e, ao terminar o livro, percebi que preciso ler todas as obras do Nicholas Sparks. A mensagem de amor que o livro passa é tão bonita ao ponto de deixar o leitor arrepiado. Apesar de ser casais de gerações diferentes, ambos possuem um sentimento em comum: o amor verdadeiro.

Ira e Ruth viveram mais de cinco décadas juntos e se amaram de forma incondicional. Não foi um casamento perfeito, uma vez que tiveram seus altos e baixos, mas o sentimento que sentiam superava qualquer coisa. Foram responsáveis pelos melhores quotes presentes no livro.
"Gostaria de ter talento para pintar o que sinto por você, porque minhas palavras sempre parecem inadequadas. Imagino usar vermelho para sua paixão e azul-claro para sua bondade; verde-floresta para refletir a profundidade de nossa empatia e amarelo-vivo para nosso persistente otimismo. E ainda me pergunto: a paleta de um artista pode captar tudo que você significa para mim?"
Pág. 298
Sophia e Luke formam o casal composto pela mocinha da cidade e o caubói do interior. Apesar do clichê, eles se amam na mesma proporção do casal mais maduro. Pelo fato de ser um casal contemporâneo e jovem, acabei me identificando com eles. 
"Quando eles começaram a se beijar, seu único pensamento foi que esse era o modo como deveria ser, para sempre."
Pág. 202
A narrativa se alterna entre Ira, em primeira pessoa, e Sophia e Luke, em terceira pessoa. Sparks descreve de uma forma minuciosa que não fica cansativa. Os diálogos, principalmente dos capítulos de Levinson, são apaixonantes. A princípio, as histórias não possuem nenhum tipo de relação, mas elas se cruzam de uma forma surpreendente, tornando o desfecho bastante satisfatório. 

Em Uma Longa Jornada, Nicholas vai nos mostrar, através de uma história emociante, que a força do amor é capaz de superar qualquer barreira imposta pela vida. Os leitores que gostam de um bom e velho romance vão se apaixonar por esse livro, pois são belas histórias de amor.

12 comentários:

  1. Oi, Sávio!
    Eu nunca li nada do Sparks e nem tenho vontade, pra ser sincera. Passo até longe dos filmes hahhaha
    Beijos
    Balaio de Babados
    Participe da promoção seis anos de Caverna Literária

    ResponderExcluir
  2. Tenho um pouco de bloqueio quando se trata de livros desse autor.
    Li alguns e por conta disso não gostei, mas espero que esse seja diferente e me atraia.

    http://www.revelandosentimentos.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Olá Sávio!
    Eu A-M-O o Nicholas Sparks e ja li todos os livros dele.
    Acho que as tramas dele sempre passam ótimas mensagens e lições de vida, valem a pena ser lidos.
    Você já assistiu o filme?
    Parabéns pela resenha!
    Beijos!

    http://www.booksimpressions.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Eu só assisti o filme sobre esse livro, mas já posso dizer que a história de amor do personagem mais velho é mil vezes mais emocionante que o romance entre os jovens. O filme já foi bom, então sei que o livro é perfeito, amo a escrita no Nicholas e tenho certeza que irei gostar quando ler <3 ótima resenha!

    http://www.leitorasvorazes.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Olá! Eu amo o Nicholas e sempre fico surpresa com cada obra dele. Eu não conhecia essa, afinal, ainda tenho cinco livros dele aqui para ler mas já a coloquei na minha lista. Sempre me apaixono pela forma como ele descreve o amor, que é completamente linda!
    Amei, beijo. http://leitoraencantada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. OIii Savio, tudo bem?

    Não li o livro ainda, mas parece ter uma linda história, daquela que o tio Sparks sabe contar muito bem <3

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  7. Oie,
    confesso que não curto muito os livros do Nick, então não leria no momento.
    bjos

    Blog Vanessa Sueroz

    ResponderExcluir
  8. Menina, eu estou louca para ler esse livro, porque muitas amigas minhas falaram que a história é maravilhosa e muito inspiradora. ^^
    Beijos. ♥

    Diário da Lady

    ResponderExcluir
  9. Oi, Sávio.
    Confesso que era daquelas que torciam o nariz para os livros do Nicholas até que li A Última Música e me apaixonei.
    Esse livro é lindo, chorei em alguns momentos rs.
    Beijo

    Te Conto Poesia ♥

    ResponderExcluir
  10. Oi, Sávio. Tudo bem?
    Acho que o comentário que mais faço é "nunca li Nicholas Sparks, ele ficou tão hypado que criei um certo receio com a leitura.
    Gostei da sua resenha..

    Blog.
    Facebook.

    ResponderExcluir
  11. Oi Sávio,

    Eu já fui muito fã do Nicholas Sparks, hoje não leio tanto assim, mas adorava seus livros. Vi adaptação desse romance e gostei, geralmente não curto muito as adaptações dos livros dele, mas essa eu gostei. Achei o romance fofo e emocionante.

    Bjs, @dnisin
    www.sejacult.com.br

    ResponderExcluir
  12. Olá, Sávio. Algumas vezes esse livro me chamou atenção nas livrarias, mas sempre optava por levar outro que conhecia a sinopse ou alguma resenha. E hoje ao ler a sua resenha, me arrependi de cada vez que não o trouxe para casa. Dá próxima vez que o ver, não exitarei.
    Ótima resenha, beijos!
    http://avessandoavida.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir